Faculdade para Blogueiros(as)

Faculdade para Blogueiros(as)
Faculdade para Blogueiros(as)

Acne / Espinhas

Acne / Espinhas
Acne / Espinhas

Estados Unidos

Estados Unidos
Diario de Viagem TEXAS ESTADOS UNIDOS

Texto: Deixe o coração fluir

Se você deixasse o seu coração falar, o que ele diria ao mundo?

Pessoas sinceras, na maioria das vezes, costumam dizer o que dá na telha. A gente até comenta que elas são “sem filtro” ou, em outras palavras, “não pensam muito para falar”. Mas é claro que o tal filtro existe, sim. Um pouquinho velho, já com marcas de uso e alguns furinhos, que permitem que opiniões saiam desenfreadas. Mas que ele está ali, está.
Todo mundo tem um desses. Tem gente que o usa com mais frequência e, se você sente a falta do seu, não é porque ele não existe: deve ser apenas algum tipo de problema – e tem jeito de arrumar.
Um dos defeitos mais comuns (e não tão legais) rola quando nada mais passa pelo tal filtro. O que fica é apenas uma imitação de fatos passados e a cópia daquilo que você sempre foi: ou seja, uma repetição ininterrupta, sem emoção. O frescor de cada atitude até quer aparecer, mas não consegue.
E aí achamos que alguma luz se apagou dentro da gente. Afinal, nunca fomos assim. O que aconteceu?
O fato é que estávamos apenas olhando para o lugar errado: a questão não está nas luzes, não. Pode checar: nenhuma delas está queimada. Algumas coisas foram se acumulando e, agora, impedem que boa parte de suas belezas cheguem ao mundo. Sua entrega é bem menor. Sua vontade, então, nem se fala. Tudo fica meio sem açúcar e sem sal – não há gosto de nada.
Não tem outro jeito, percebe? Está na hora de limpar-se e deixar fluir o coração.
No começo, pode ser que não seja tão legal: toda limpeza implica em alguns momentos cansativos e, de certa forma, desgastantes. Você terá que lidar com mágoas passadas, voltarão à tona aquelas memórias já desgastadas e frias… Mas isso é só no início. Depois, voltará a passar por ali tudo de legal que você sempre teve. 

(Texto compartilhado com muito amor: Depois dos Quinze)

Actine: Produto destaque para as espinhas

Olá meus amores, tudo certinho? Com a minha longa caminhada para tratar as espinhas (antes, durante e depois de consumir Roacutan), eu aprendi muitas coisas, onde já relatei aqui, mas em especial no post de hoje vou falar de um dos sabonetes que acabei consumindo e que de longe "pra mim", foi um dos melhores;

Ahhh .. esse post não é publi. Não estou recendo nada em dinheiro e nem em produtos para falar dele aqui, é que o produto realmente funcionou pra mim e acreditem, acho interessantíssimo falar das coisas que realmente funcionam e não simplesmente SÓ indicar produtos pelos quais sou paga pra isso. Então venham sem medo que o bichinho funciona tiro e queda. ;)

Mas cheeeeeeeeeeeeeeeeega de blá blá blá não é mesmo? Porque esta todo mundo querendo saber qual foi o meu queridinho top número 1, e o que ele realmente faz. Sera que funciona mesmo? Vem que eu te conto. 
O que ele promete:
Combater a oleosidade, sem ressecar. 
Desobstrui os poros.
Causa a sensação de refrescância.
Ação hidratante.

O que eu achei:
Acabou de forma radical com os meus cravos.
Acordo com o rosto mais limpo e cada dia com menos espinhas.
Não ressecou, mas eu faço uso de protetor solar + hidratante.
Prefiro lavar de manhã e a noite na água mais gelada, assim ele dá mais sensação de refrescância.
Ele até hidrata, mas é importante não descartar o uso de hidratantes para o rosto.
Nota: Dez! Dez, dez e dez! Tô feliz demais com esse produtinho. Já nos próximos posts eu vou compartilhar com vocês quais são os outros produtos que eu estou usando e amando pras espinhas. Agora vamos falar serio ACTINE patrocina aqui pooooxa! rsrsrs Agora esse sabonete virou meu super companheiro. 

Casei + Inspirações de penteados

Sempre deixei claro: Construir minha família sempre foi a primeira opção da minha lista de sonhos, mas eu nunca fiz disso algo obrigatório. Alias, dar tempo ao tempo e deixar as coisas acontecerem seria necessário. 

Preciso dizer que passei bocados na vida me iludindo com pessoas erradas, acreditando que seriam ""amores da minha vida"" e que ali era o xeque mate para concluir o meu tão esperado sonho de construir: MINHA FAMÍLIA.

Sem muitos detalhes passados, fui pedida em casamento em 2017 e me casei pouco tempo depois. Tínhamos acabado de completar um ano de namoro, a distância, pra ser mais exata. E preciso ressaltar de que foi uma mistura de ansiedade, felicidade, nervoso, correria e muita coisa na cabeça.. Por mais que não faríamos festa e de que a grana estava curta, fizemos tudo muito bem planejadinho. Amigos mesmo não ficaram sabendo, pegamos praticamente todo mundo de surpresa e pro momento mesmo optamos por termos apenas familiares na reunião.

Ah!!! Só suspiros né minha gente. Foi lindo e da forma que imaginei. Por isso resolvi trazer aqui pro blog algumas coisas que realizamos pro casamento, e como uma boa amiga vou mostrar meu penteado e inspirações que mais amei pesquisar na época. Vejam só:

Eu decidi acreditar que as coisas dariam certo.


Não me esforço mais nenhum tantinho em estar num emprego onde ali alguém não me quer bem. Sei lá, a gente sente. As vezes nos acostumamos e receber ordens o tempo todo e nos esquecemos do nosso real valor. Infelizmente ainda há pessoas querendo vencer na vida passando por cima das outras de forma arrogante, e sinceramente não compensa o stress. 

Eu não me esforço em ter que aceitar o clima frio da cidade nem os seus costumes, eu posso compreender mas deixar a minha crença de lado jamais, como que se eu tivesse obrigação de me colocar em segundo plano toda vez que alguém não concordar comigo, não da né?! Temos que ser bons ouvintes mas também temos que colocar na mesa os nossos reais sentimentos e jogar limpo por toda vida. Se algo não esta bem pra mim, eu simplesmente me mudo. E olha que fazer assim eu continuo com os laços amigáveis e fica bom pra todo mundo. 

Desde que coloquei na cabeça que dizer não, prevaleceria toda e qualquer situação munida de respeito, gratidão, carinho.. eu nunca mais parei. E tem sido assim desde que decidi acreditar que as coisas dariam certo. Perdi muitos amigos, mas também não tem problema, eu não tento mais me encaixar. 

Agora explico o quanto sou chata e implicante. Esquisita e esquecida. Indecisa e realista. Não tenho saco pra versões de mi mi mi, e ai vão me aceitando como sou. Eu olho o horizonte e agradeço por cada detalhe! A mala ta pronta. Com aquela velha certeza de que as coisas uma hora darão dar certo. E esta dando. ;**

Diário das Espinhas: Capitulo I - O resumo.

Fiz uma vasta pesquisa na internet sobre as acnes (espinhas), e cheguei a conclusão de que é conversa fiada esse negocio de pomadinha. Gente, por minha experiência no assunto, quero falar abertamente com pessoas que passam pela mesma dificuldade que eu, por isso vou explicar de forma bem detalhada a minha real revolta com todos esses métodos que não foram eficazes pra mim, e citar aqui apenas os produtos que realmente funcionaram. E há, quero começar um diário das espinhas, então sejam bem vindos ao CAPITULO I.

Me chamo Anne, hoje com 24 anos, e minha relação com as espinhas me acompanham desde a minha adolescência, para ser mais exata começou aos 14 anos de idade. No inicio eram poucas e aparentemente iriam embora rapidamente, por não apresentarem sebo, sem contar que eram pequenas e sequinhas.

Mas aos 15 anos, a história foi diferente. Começou a surgir as espinhas internas, mais as espinhas pequenas em meio a outras grandes e inflamadas. E sinceramente? Eu não me importava com elas. Cuidava. Mas não me importava a ponto de me envergonhar, ou ficar triste por isso.

Passei a fazer uso de vários produtos para as acnes, aqueles que são divulgados nos comerciais de televisão, ou que os vizinhos indicam, e até mesmo os que os grandes sites de comportamento indicavam quando grandes celebridades anunciavam que já tinham feito uso de tal produto e que encontramos facilmente nas farmácias.

Sabe quais dos milhares de produtos que usei nessa época resolveu? Nenhum. Isso mesmo, Nenhum. Sendo assim, fui em um dos médicos mais conceituados de Mogi Guaçu, interior de São Paulo e fiz uso de peeling. E mais uma vez, já com 18 anos ele apenas deixou minha pela avermelhada e me fazer ficar enfiada dentro de casa para que o sol não manchasse mais o meu rosto.

Definitivamente o peeling é uma ótima dica, mas não no estagio de acnes graves que eu estava. Sim, estavam mais graves, e ai sim, foi a época que começou a me incomodar porem nem tanto.

Me mudei para os Estados Unidos em 2012, e levei junto um pote cheio de remédio manipulado, comecei a tomar um medicamento que pedi em uma farmácia conhecida da família. Não lembro exatamente o nome e como foi que eu cheguei até esses pilulas, talvez tenha sido minha irmã que ficou sabendo por alguém e foi atrás pra mim. É, realmente deve ter sido assim, e elas quase que resolveram. Fizeram eu chegar no estagio das acnes de quando estavam bem no comecinho, mas ainda sentia minha pele mais escura e bem estragadinha, sabe?!

Voltando dos Estados Unidos comecei o uso de Roacutan, já falei sobre ele aqui no blog. Não vou entrar em muitos detalhes mas resumidamente passei muito mal. Foram meses com fortes dores de cabeça, corpo, olhos. Boca ressecadas a ponto de sangrar, pele extremamente sensível a ponto de ter cicatriz nos braços ate hoje e puft - sumiram por completo em 7 meses. Fiquei tão feliz, mais tão feliz, que só ai eu lembrei de como é bom não ter espinhas e como eu não tinha notado que estava com tantas espinhas. Acho que foi uma das melhores fases da minha vida, mesmo ter passado uma barra daquelas.

Logo mais em 2017, cá estamos nós. Elas voltaram, como quem não quer nada voltaram aos poucos e eu fiquei EXTREMAMENTE irritada, chateada e pode-se dizer que até um tanto depressiva. Tudo bem que essa questão também se deve por conta de outros probleminhas e conflitos pessoais. Mas poxa vida, as coisas já não estavam encaminhando muito bem, tinham que voltar justo agora. Ok! Ja que estão aqui, vou iniciar um novo método de tratamento. Quero contar passo a passo e vou compartilhar com vocês. Será que vai funcionar? Não sei, mas vamos tentar - estou aqui para compartilhar algo que realmente possa ajudar. 

Em breve uma nova postagem sobre o Diário das Espinhas. Um beijo e até o próximo post. Fiquem com Deus.